09 outubro 2007

Quando era pequenina...



... achava que o mundo só existia onde eu estava ... quando saía de cena ficava tudo como que congelado ....


.... hoje, quando voltei ao trabalho, tive a certeza!!!


O trabalho não congelou, AMONTOOU!

GRRRRRR!!!

11 comentários:

Cátia disse...

é sinal que fazes falta! :)

Estrellinha disse...

E eu que ando com a cabeça cansada e que me esqueço das coisas?

O que é que me aconselha? Srª Drª?

Zaka disse...

Ah que bom que é sentirmo-nos insubstituíveis, menos na altura em que olhamos para o cheque e tentamos re-negociar o ordenado... é que aí somos logo substituíveis! no entanto nas nossas ausências o trabalho ganha vida própria e resolve ficar sentadinho à nossa espera!

Beijocas

Anónimo disse...

È tudo verdade, mas só fazemos falta quando não estamos...
No local onde trabalho o número de doentes é sempre proporcional a quem está ao serviço!?..
Se estiverem 7 médicos, é uma multidão se só estiverem 3,é um sossego.
È a lei da oferta e da procura,e se isto não for racionalizado com rigor e critérios clínicos objectivos, então não há reforma que resista.
Né "tudoanorte"

Girstie disse...

Isso nunca congela ou diminui, aumenta sempre!

Cat disse...

Tipico! Também estive uma semana fora e por aqui está tudo igual. E aquilo que não está na mesma, estava à espera que eu voltasse, para ser resolvido!!

leao_xxi disse...

Donde é que eu conheço isso?!?!?!?

N.M disse...

Porque é que sera que eu não acho isso estranho?!!!
É uma verdade inquestionavel,o trabalho nunca congela ou diminiu qd estamos de férias.

Eskisito disse...

No meu é mais uma questão de acumulação de estrume por todos os lados. O trabalho é o mesmo, mas temos de nos desviar cada vez mais de pilhas de trampa.
Beijos

wednesday disse...

LOL!;)

Muito bem visto... Mas de certeza que valeu a pena!

OLHAR disse...

Desculpa mana...
tu existias no mundo.. e eu estava lá ;)
beijokas